Buscar

Fazer dieta é caro?

Um dos argumentos mais ouvidos quando falamos em dieta, é que custa caro, já que, cada dieta normalmente estabelece uma lista especifica de alimentos, que nem sempre são baratos, alem do mais os produtos light e diet costumam ser mais caros do que os normais..


Mas será será que fazer dieta é caro?

Algumas vezes sim, em outros casos não.


Se dieta para você significa lotar a geladeira e os armários de produtos light e diet, ela sairá cara para você.

Por outro lado dieta nem sempre significa consumir produtos light e diet, que, na verdade, podem até engordar, já que a gente se empolga achando que “tá liberado” e acaba comendo de mais.


Fazer dieta é se reeducar, reduzir porções, fazer escolhas inteligentes, e isso não custa caro.

Frutas, verduras e hortaliças – base de qualquer alimentação saudável – costumam ser bem baratas, muito mais que sorvetes e guloseimas desnecessárias.


Alimentos integrais, ricos em fibras, podem até custar um pouco mais, só que também saciam mais, e isso significa porções menores, o que faz com que esses alimentos “rendam” mais.



Quem quer “fazer dieta” de verdade gasta menos, bem menos do que costuma gastar, porque são reduzidos os gastos com lanches, restaurantes, pizzarias e similares. (Kalina Amaro).


Faça um comparativo você mesmo: (Dra. Pamela Terra)


1. Anote o quanto gasta na semana com tranqueiras, fast foods e guloseimas.

2. Frequente mais feiras, hortifrutis, açougues e compare os preços.

3. Dê um passo de cada vez. Inicie a reeducação alimentar com a exclusão de açúcares e produtos refinados. Você já vai começar a perceber a economia.

4. Invista em boas panelas. De preferência de cerâmica e antiaderentes. Essa atitude vai te fazer excluir o óleo de cozinha. A economia continua.

5. Troque o refrigerante por suco natural. O rendimento é outro!

6. Ninguém come uma panela de legumes, proteínas e folhas na frente da TV. O mesmo não ocorre com um pacote de bolacha. Reflita.

7. 1kg de milho de pipoca pode durar 1 mês na sua despensa. Ao contrário da pipoca de microondas que dura 2’ no sofá e custa o triplo do preço. Siga refletindo.

8. Em restaurantes por kg, o que mais pesa são massas e afins. Monte um prato com vegetais, folhas e proteína e compare a conta.

9. Muito mais importante do que os gastos atuais, é a conta lá na frente. Ou vocês acham que só comer tranqueira para por aí? E a probabilidade de ficar doente? E o custo com remédios? E o custo de uma saúde comprometida? Um intestino que não funciona, um mau humor do cão, desabsorção, disbiose, falta de raciocínio, sono irregular, sedentarismo e por aí vai…

10. Pense no custo de uma “dieta” saudável a longo prazo. Se analisarmos dessa forma, sai quase que de graça.


Resumindo, fazer dieta não sai caro. Então não crie desculpas para começar a se alimentar bem e comece agora mesmo um estilo de vida mais saudável.


Se gostou deste artigo curta, compartilhe e comente. Vai ajudar muito o nosso blog.

Obrigado.

33 visualizações